Empresas anunciam construção da primeira usina de diesel verde do país

Brasil BioFuels e Vibra vão investir cerca de R$ 1,8 bilhão no projeto pioneiro em diesel verde que será instalado na Zona Franca de Manaus

| CANAL RURAL


publicidade

A Brasil BioFuels (BBF) anunciou um contrato de compra e venda de diesel verde com a empresa Vibra. A origem do produto será feito pela primeira refinaria de diesel verde a ser implantada no Brasil para produção do biocombustível, que será elaborada pelas duas companhias. A planta ficará localizada na Zona Franca de Manaus e a primeira fase do projeto está prevista para entrar em operação em janeiro de 2025 e contará com investimentos industriais a serem realizados pela BBF da ordem de R$ 1,8 bilhão.

Em comunicado, as duas empresas disseram que o objetivo dessa união é potencializar a descarbonização da economia e ampliar o desenvolvimento da Região Amazônica.

A usina terá capacidade de produzir 500 milhões de litros de diesel verde por ano e, segundo as empresas, encontra-se em um ponto estratégico para a distribuição em toda a região Norte do país, podendo ainda direcionar o produto para outras regiões do país e até para exportação.

A implantação da refinaria verde pela BBF segue o plano de verticalização agrícola da empresa, operando desde o plantio da palma em áreas degradadas, passando pela produção do óleo vegetal e chegando até a manufatura do biocombustível. Até 2026, mais de 120 mil hectares de palma serão plantados nas regiões delimitadas no Zoneamento Agroecológico da palma, garantindo matéria-prima para o projeto.

Diesel verde

O diesel verde ou diesel renovável, também conhecido como HVO, (sigla em inglês para óleo vegetal hidrotratado – Hydrotreated Vegetable Oil), é produzido por meio do processamento de matéria prima renovável, como palma, soja etc. Ao contrário do biodiesel, o diesel verde permite a mistura com outras matérias-primas no processo de produção. Óleo vegetal ou gorduras animais são as mais utilizadas. Portanto, o diesel verde se apresenta como uma das alternativas mais promissoras para a transição energética.

Já utilizado em países da Europa e nos Estados Unidos, o diesel verde faz parte da segunda geração de biocombustíveis. O produto é resultado de aprimoramentos tecnológicos para acompanhar as inovações veiculares, que requerem um combustível de melhor qualidade, com alta estabilidade e teores mínimos de contaminantes. O diesel verde já é o terceiro biocombustível mais usado no mundo e aquele também cuja produção mais cresce.

A BBF e a Vibra destaca que a principal vantagem do diesel verde é sua eficiência para solucionar o desafio da redução de emissões de gases poluentes, uma vez que reduz até 90% das emissões de gases de efeito estufa em relação ao diesel fóssil. Adicionalmente, não se faz necessária qualquer adaptação nos motores diesel para seu consumo, podendo ser utilizado puro ou misturado ao diesel fóssil. Trata-se de um produto praticamente isento de contaminantes, com elevada estabilidade, o que garante menos problemas no armazenamento e uso em motores diesel, aumentando a vida útil dos veículos e qualidade da combustão no motor.



Compartilhe Esta Notícia Com Os Seus Amigos!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE