Mãe é presa após obrigar filha de 16 anos a se prostituir para 'ajudar nas despesas de casa'

| O PROGRESSO


Crédito: Alysson Maruyama/ Arquivo TV Morena
publicidade

Uma auxiliar de serviços gerais, de 41 anos, foi presa em flagrante após a filha de 16 anos ser expulsa de casa e ligar para a Polícia Militar (PM). A adolescente disse aos militares que era obrigada a fazer programas sexuais e entregar o dinheiro para a mãe, o qual alegava que era para ajudar nas despesas da casa. O fato ocorreu nesta madrugada (15), na Vila Aimore, em Campo Grande.

'A menina disse que estava fazendo programas sexuais há algum tempo e, toda vez que o programa não dava certo, ela apanha da mãe e esta a colocava para fora de casa. Desta vez, cansada da situação, ela decidiu denunciar. A adolescente prestou depoimento, fez exame pericial por estar com lesões pelo corpo e foi para um abrigo', afirmou ao G1 a delegada Anne Karine, adjunta da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

Segundo a delegada, a mãe negou os crimes e disse que a menina se 'prostituía porque era muito rebelde'. A suspeita ainda disse que a investigação 'pode pegar o celular dela para investigar', já que os programas seriam marcados pelo WhatsApp. Ela permanece em uma cela da Deam e passará por audiência de custódia nesta sexta-feira (16), ainda conforme a delegada.

O inquérito foi instaurado como favorecimento à prostituição e lesão corporal dolosa, sendo a suspeita autuada em flagrante. Ela também possuía antecedentes por agredir a própria filha, além de outros crimes, como furto.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE