Morte de bebê em piscina levanta desconfiança da família

| SIDROLâNDIA NEWS/RECORD,


publicidade

O Cidade Alerta acompanha o caso de Heloisa, uma criança que tinha apenas 1 ano de idade quando morreu. Segundo a mãe, a bebê brincava na borda da piscina e depois foi encontrada já afogada. Porém, a avó paterna, Nalva Maria, desconfia que há mentiras na história. Já avó materna e a mãe dizem não saber como a criança caiu na piscina. 

A pequena Heloisa estava na casa da mãe, Carol, de 16 anos, e da avó materna, quando sofreu o suposto acidente em uma piscina. Na noite anterior ao acontecimento, a casa da família estava em festa e devido ao som alto e a aglomeração os vizinhos fizeram denúncias. A criança passaria alguns uns dias com Nalva, mas acabou ficando com a mãe

Carol achou que a criança estivesse com a avó materna em outro cômodo da casa, mas ao perceber o silêncio da criança, decidiu olhar a piscina e foi lá que encontraram Heloisa afogada. As duas levaram a criança para o hospital, mas já era tarde demais.

O avô materno conta que desconfia da causa da morte de Heloisa, assim como Nalva. Ambos acreditam que Carol não dava os devidos cuidados para a filha. Na certidão de óbito não consta afogamento, mas na versão da mãe, Heloisa foi encontrada dentro da piscina.

Antes de ter a filha, Caroline morava com o pai. Ele revela que a jovem queria ir para festas e não ter hora para voltar. Quando o pai da garota reprovou suas atitudes, ela então decidiu ir morar com a mãe. Quatro meses depois, ela engravidou de Heloisa.

Durante a semana, Carol cuidava da filha sozinha, pois a avó materna saía para trabalhar em outra cidade. Nas últimas visitas ao avô, Heloisa apareceu com alguns hematomas no corpo e ele decidiu registrar as marcas. Segundo Nalva, no dia do velório ela questionou Carol e a única resposta da garota teria sido: 'Deus quis assim, dona Nalva'.

Em novembro de 2020, o Conselho Tutelar orientou que Nalva pegasse a guarda da criança. Junto ao avô materno, a mulher entrou na Justiça pela neta, mas a solicitação foi negada.



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa página: https://www.facebook.com

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE