Ao natural: cachos e grisalhos ganham força na pandemia

| DOURADOS AGORA


“Assumir os brancos ou os cachos é um sinônimo de liberdade para aquelas que eram escravas dos padrões de beleza que são impostos a elas. E um processo íntimo de desconstrução e ressignificação', ressaltou Palácio.
publicidade

22/02/2021 08h07 - Por: Cristina Nunes

Com período de isolamento e autoconhecimento a maioria das mulheres estão buscando a naturalidade mas sem perder a ousadia, praticidade e modernidade. Nos salões de beleza de Dourados essa tendência já vem sendo notada. Em entrevista ao Progresso, o cabelereiro Murilo Palácio, explica porque o ‘ao natural’ ganhou força na pandemia.

'A pandemia e o isolamento social para muitos também foi um momento de reflexão: como ir ao salão nesta época? Sendo que muitos estão fechados; nem todas tem habilidade para pintar em casa, sem falar no porque homens grisalhos são charmosos e as mulheres não? Da mesma maneira para as cacheadas que iniciaram a transição capilar por causa do fechamento dos salões, e resolveram continuar mesmo com a reabertura', afirmou.

'Assumir os brancos ou os cachos é um sinônimo de liberdade para aquelas que eram escravas dos padrões de beleza que são impostos a elas. E um processo íntimo de desconstrução e ressignificação', ressaltou Palácio.

Os cabelos curtos também ganharam força, os cortes preferidos são aqueles que as famosas usam. 'Acho que todas as brasileiras se inspiram tanto nos cortes, quanto no estilo principalmente das atrizes e das digitais influencers. Nem sempre é possível fazer igual ao delas, seja pela estrutura do fio ou o formato do rosto, o que torna a responsabilidade ainda maior. Porque não lidamos apenas com as expectativas, também com auto estima e vários outros sentimentos. Porém, durante a avaliação pré-corte é o momento em que alinhamos as expectativas delas com o que é possível de ser feito, sempre respeitando os conceitos de visagismo com a rotina diária da cliente', afirmou Murilo.

Murilo é cabelereiro há mais de 15 anos, conhecido como ‘rei do corte’ começou a carreira na adolescência de maneira desproposital auxiliando a tia, que já era cabelereira. Questionado sobre o talento ele ressaltou que 'a ousadia é um traço da minha personalidade, e particularmente me encanta pela magia dela. Quando se trabalha com criação e criatividade é permitido ousar, e realmente eu vejo cada corte como uma oportunidade única de criação'.

Cortes do Momento

Como tendência geral temos os fios médios na altura dos ombros chamado 'messy hair' que nada mais é do que uma releitura do famosíssimo 'long bob'.

Para as cacheadas a tendência são cortes com da nuca de fora e a frente mais longa - mas com pouca diferença. E para o cabelos mais longos, o comprimento em alta é até o meio das costas podendo ser em camadas ou não.



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa página: https://www.facebook.com

Clique e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE