Hyundai lança carro robô para ser usado sem tripulantes

TIGER foi criado para enfrentar terrenos remotos e com acessos complicados

| ICARROS


publicidade

A Hyundai apresentou esta semana um novo protótipo chamado TIGER – sigla para Transforming Intelligent Ground Excursion Robot, algo como “Robô inteligente e adaptável para incursões terrestres”.

O carro-conceito foi desenvolvido no New Horizons Studio, que o grupo coreano mantém na Califórnia, EUA. 

Projetado para ser exclusivamente autônomo – ou seja, não ter um motorista, pelo menos a bordo –, segundo seus criadores, o TIGER se destina a transportar diferentes tipos de cargas em “terrenos desafiadores”. Para isso, ele conta com um grande compartimento no interior de sua carroceria. 

Sua principal missão, no entanto, parece ser funcionar como uma espécie de laboratório ambulante de novas ideias e tecnologias. Não por acaso, o projeto está sendo desenvolvido em parceria com a Autodesk (mobilidade) e a Sundberg-Ferar (design), dois nomes respeitáveis em seus segmentos. 

Para John Suh, responsável pelo New Horizons Studio, veículos como o TIGER e as tecnologias que eles agregam servem, antes de tudo, para estimular soltar nossa imaginação.

“Estamos constantemente procurando novas maneiras de repensar o design e o desenvolvimento dos veículos, e de redefinir o futuro do transporte e da mobilidade”, afirma. 

Avante e além, seja onde for  

O TIGER foi projetado sobre uma plataforma modular e é equipado com um sofisticado sistema de locomoção que usa pernas e rodas, podendo fazer manobras de 360 graus, orientadas por uma série de sensores para observação remota. A ideia é que seja usado em exploração científica em lugares “extremos e remotos”. 

Para rodar em ruas e estradas pavimentadas, o TIGER funciona com suas pernas encolhidas, como um carro comum com tração nas quatro rodas. Se o caminho fica mais acidentado, no entanto, ele é capaz de, literalmente, caminhar e passar sobre os obstáculos. A propulsão é elétrica.  

O novo carro pode ser também conectado a veículos aéreos não tripulados (os UAVs, irmãos maiores dos drones), sendo transportados para pontos de difícil acesso.

Olhando para essas fotos e lendo essa descrição, você provavelmente deve estar se lembrando daqueles veículos usados pela Nasa na exploração de Marte. Aqui na redação, achamos que, se for convidado para uma viagem espacial, ele topa. 



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa página: https://www.facebook.com

Clique e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE