Mulher esfaqueada 10 vezes após denunciar estupro da filha morre no hospital

O acusado da tentativa de homicídio, identificado como Luciano de Oliveira Pinto, fugiu após o crime e ainda não foi encontrado

| TOP MíDIA NEWS/NATHALIA PELZL


Crédito: Ilustrativa - Arquivo TopMídiaNews
publicidade

Mulher de 28 anos, esfaqueada 10 vezes, após denunciar o estupro da filha, morreu na Santa Casa de Corumbá, na manhã de hoje (12).

A vítima foi esfaqueada na tarde de sábado (10), na rua República da Bolívia, bairro Aeroporto.

O acusado da tentativa de homicídio, identificado como Luciano de Oliveira Pinto, fugiu após o crime e ainda não foi encontrado.

Ele é filho do suspeito de cometer o estupro contra criança.  Ele resolveu se vingar da mãe da menina após a prisão do pai.

A vítima deu entrada no pronto-socorro em estado gravíssimo. As perfurações atingiram a região lombar, tórax, antebraço, perna e pescoço. Nesta manhã, ela não resistiu aos ferimentos. 



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE