Sepultura é violada e corpo fica exposto; pai e filho foram detidos pela PM

Caso aconteceu no cemitério Santa Cruz

| TOP MíDIA NEWS/WILLIAN LEITE


Crédito: Divulgação Polícia Militar
publicidade

Um caso de violação de sepultura foi registrado no final da manhã de domingo (11) no Cemitério Santa Cruz, em Corumbá. O boletim de ocorrência informa que guarnição da Força Tática da Polícia Militar foi chamada e ao chegar, a equipe da Coordenadoria de Fiscalização e Posturas já havia detido o autor, de 37 anos, que estava alterado, embriagado e possivelmente sob efeito de droga. 

Segundo o site Diário Corumbaense, o jazigo estava com a gaveta violada, o caixão foi puxado para fora e o corpo ficou à mostra. Preso, o homem se negou a entrar na viatura policial, sendo necessário o uso da força. Nesse momento, o pai do acusado chegou e tentou intimidar os policiais militares, dizendo que era de família importante.

'Assim não sargento, eu sou irmão de promotora e vocês vão se arrepender de fazer isso', disse o homem, de 70 anos. Ele também foi detido e colocado no compartimento da viatura, junto com o filho. 

Durante o percurso para a Delegacia de Polícia Civil, o indivíduo que violou a sepultura, passou a ameaçar os pm's dizendo: 'eu sou do Leblon, Rio de Janeiro, e lá o negócio pega, eu vou voltar e trazer os negócios pra resolver isso com vocês. Meu tio que fundou a Clínica do coração, vocês não sabem com quem se meteram'. 

Já na delegacia, o pai do autor afirmou que o filho é usuário de drogas. Os dois foram entregues ao agente de plantão do Distrito Policial para o registro da ocorrência. O que levou o homem a violar a sepultura, não foi informado no BO. 



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE