Comerciantes paraguaios impedem fiscalização e expulsam agentes na fronteira com MS

Confusão envolveu até o prefeito de Salto del Guairá, na divisa com Mundo Novo

| MIDIAMAX


Manifestantes impediram fiscalização.(Foto: Rosendo Duarte)
publicidade

Uma ação conjunta de comerciantes de Salto del Guairá, cidade paraguaia que faz fronteira com Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul, impediu a fiscalização de agentes do Ministério Público do Paraguai. Eles investigavam uma denúncia de contrabando em uma loja de roupas da cidade.

Os manifestantes, segundo publicou o ABC Color,  chegaram ao local e lotaram a frente da loja exigindo que os participantes saíssem imediatamente. No início houve ameaça de intervenção policial e prisão em massa, mas logo depois mais de 500 pessoas aderiram, que pressionaram cada vez mais, com a advertência de que não usarão nenhuma vestimenta do local.

A busca foi realizada pela procuradora Nilsa Torales , de Ciudad del Este, com despacho assinado pelo desembargador Humberto René Otazú . Ela cumpria mandado contra uma loja de propriedade de família tradicional na cidade.

Fronteira fechada inibe turistas e frustra expectativa de hotéis para o feriadão em MS

Polícia encontra carro abandonado com mais de meia tonelada de maconha em MS

O prefeito de Salto del Guairá, Carlos César Haitter , segundo os agentes, também contribuiu para aumentar a confusão. Ele chegou ao local, acompanhado de alguns vereadores e qualificou a intervenção como totalmente inadequada, em um momento em que as pessoas mal sobrevivem. “Este é o golpe final para uma cidade que está morrendo',  disse o pol;itico paraguaio.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE