Boi gordo: preços voltam a cair no mercado físico; analista aponta tendência de queda

Em São Paulo, Capital, os preços do boi gordo no mercado a prazo ficaram em R$ 257 a arroba

| CANAL RURAL/POR AGêNCIA SAFRAS


publicidade

Foto: Pixabay

O mercado físico de boi gordo teve um dia de preços mais baixos. Segundo o analista de Safras & Mercado, Allan Maia, a semana inicia com frigoríficos atuando de maneira retraída nas negociações, abrindo ideias de compras abaixo do registrando no fechamento da última semana, sinalizando para uma escala de abate confortável, ultrapassando os cinco dias úteis em sua maioria.

“Outro ponto que remete a continuidade na tendência de baixa é a fraqueza dos cortes no atacado, com o consumidor doméstico saturado, migrando para proteínas mais acessíveis”, assinala Maia.

Em São Paulo, Capital, os preços do mercado a prazo ficaram em R$ 257 a arroba. Em Uberaba, Minas Gerais, o valor chegou em R$ 256 a arroba. Em Dourados, no Mato Grosso do Sul, a cotação foi de R$ 247 a arroba. Em Goiânia, Goiás, o preço indicado foi de R$ 250 a arroba. Já em Cuiabá, no Mato Grosso, o preço ficou em R$ 250 a arroba.

No mercado atacadista, os preços caíram. Conforme Maia, a queda é reflexo de uma reposição entre as cadeias mais devagar do que o normal para esta época do ano, normalmente de grande consumo. “Ao mesmo tempo, o mercado segue apreensivo em torno dos números da exportação brasileira, que desaceleraram na primeira semana, possivelmente por conta do menor ímpeto chinês, disse o analista.

Com isso, o corte traseiro caiu de R$ 19,05 o quilo para R$ 18,90 o quilo. O corte dianteiro teve preço de R$ 14,80 o quilo, com queda diária de dez centavos, e a ponta de agulha caiu de 14,90 o quilo para R$ 14,80 o quilo.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE