Seca recorde cria 'praia' em Forte Coimbra e Porto Murtinho

Níveis do Rio Paraguai em vários pontos estão baixíssimos e devem piorar

| NYELDER RODRIGUES / CAMPO GRANDE NEWS


Imagem mostra bancos de areias às margens do rio Paraguai (Foto: Toninho Ruiz)
publicidade

A forte onde de calor e tempo seco causada pela estiagem que atinge a região pantaneira vem causando transtornos para a navegação no Rio Paraguai e criando paisagens não costumeiras em seu leito, já que o nível do rio está em patamares baixíssimos. Um dos locais mais afetados é Forte Coimbra, perto da cidade de Corumbá.

Lá, segundo os registros da Marinha, o nível do rio está negativo, ou seja, está abaixo do seu nível mínimo. Desde 29 de setembro abaixo de um metro, nesta quarta-feira (7) o patamar negativo foi de 1,17 metros, o menor já registrado.

A situação deve piorar, já que a estiagem prossegue no município - a chuva registrada hoje em Corumbá teve ventos de 62 km/h, mas apenas 0,6 mm, sendo que umidade elevou apenas de 24% para 38%, e a temperatura, que estava em 41°C, caiu para apenas 33°C, mas logo voltou a subir para 39°C, segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Em Ladário, outro ponto de verificação do nível do Rio Paraguai, a Marinha aferiu também nível negativo, com 14 centímetros abaixo do limite mínimo. O índice também é recorde naquele ponto, assim como ocorre em Porto Murtinho - lá, o nível ainda é positivo, mas também é o menor da história e se repete desde ontem (6): 1,21 metros.

'A baixa é histórica, mas por outro lado oferece uma linda paisagem de praias com areias brancas entre Isla Margarita e Carmelo Peralta', frisa o radialista murtinhense Toninho Ruiz em postagem em sua rede social. 'Nesse local já se consegue passar à pé para o outro lado', completa ele em seu texto.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE