Homem mata esposa grávida durante sexo e simula suicídio duplo

Ele quis se passar por vítima em carta mentirosa, mas acabou desmascarado

| TOP MíDIA NEWS/RAYANI SANTA CRUZ


Crédito: Reprodução site Saúde Mental Perinatal
publicidade

Marcelo Augusto de Sousa Araújo foi preso acusado de matar a esposa grávida durante uma relação sexual, em Várzea Paulista, São Paulo. O suspeito chegou a escrever uma “carta de despedida” para forjar que o casal teria “decidido partir junto” e cometer suicídio duplo.

Conforme a Istoé, investigações da Polícia Civil desmascararam o autor do brutal feminicídio.

“Decidimos partir juntos. Queríamos família junta nos apoiando, mas é um inferno tanto dos dois lados. Que vocês sintam o peso do que nos fizeram passar”, escreveu Marcelo em um trecho da carta.

O homem foi denunciado pelo Ministério Público por feminicídio da maquiadora Francine Rigo dos Santos, de 21 anos. O crime aconteceu em dezembro de 2019. No dia 7 de agosto deste ano, o juiz determinou que Marcelo fosse julgado pelo Tribunal do Júri.

O laudo necroscópico de 16 de setembro, anexado aos autos em 1 de dezembro, apontou que Francine teve um corte na garganta, fratura no punho direito e traumatismo craniano. Em depoimento, o suspeito afirmou que usou uma lâmina para matar a vítima durante uma relação sexual.

De acordo com o laudo do Instituto médico legal (IML), os ferimentos causaram parada respiratória, parada cardiocirculatória, inconsciência, hipotermia e desidratação



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE