Simone Tebet e Soraya Thronicke assinam pedido para criação de CPI do MEC no Senado

Nelson Trad Filho foi o único que não assinou a favor da criação da comissão, que vai apurar denúncias de pastores na liberação de recursos do Ministério da Educação

| MIDIAMAX/GRAZIELLA ALMEIDA


publicidade

As duas senadoras do Mato Grosso Sul assinaram à favor da criação da CPI do MEC (Comissão Parlamentar de Inquérito do Ministério da Educação), que foi protocolada nesta terça-feira (28), no Senado Federal. O autor da proposta é o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Da bancada do MS no Senado, o único que não foi a favor da proposição é Nelson Trad Filho (PSD). Além de Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (União Brasil), outros 29 senadores foram à favor da proposta.

A criação da CPI teve ganhou força após a prisão dos ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro e alguns pastores pela Polícia Federal. A comissão pede pela apuração das denúncias de chefes da igreja evangélica que teriam intermediado a liberação de recursos do Ministério da Educação.

O pedido foi protocolado e ainda será analisado pelo presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Com a ass inatu



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE