Motorista de caminhão: como se sentir mais seguro nas estradas à noite

| DOURADOS AGORA/REDAçãO


Apesar de ter suas vantagens, como clima mais ameno, trânsito mais fluido, guiar no período noturno é cercado de desafios. Foto: Divulgação
publicidade

Portal do Trânsito

Sono, condições ruins da rodovia, redução da visibilidade, farol alto, assaltos… são só alguns dos perigos a que o motorista de caminhão está expostos, constantemente, ao dirigir à noite.

Então, infelizmente, nem todos podem se dar ao luxo de viajar apenas durante o dia. E, se por um lado, viajar à noite significa riscos, por outro, se essa é uma realidade que não pode ser mudada, é preciso descobrir formas de tornar esse trabalho mais seguro.

O fato é que, apesar de ter suas vantagens, como clima mais ameno, trânsito mais fluido, guiar no período noturno é cercado de desafios, exigindo cuidado redobrado dos motoristas de caminhão.

E é isso que mostraremos nesse artigo, como se sentir mais seguro nas estradas à noite.

Faróis, para-brisas, espelhos, janelas e pneus, se todos esses componentes não estiverem funcionando de forma adequada, você corre o risco de sofrer acidentes graves.

Por isso, se certifique de manter os faróis limpos, se algum queimar, não pegue a estrada sem antes trocar a lâmpada. Além dos riscos também estará sujeito à multa de trânsito se dirigir sem esse componente funcionando corretamente.

Se certifique de manter para-brisas, espelhos e janelas devidamente limpos e, claro, não pegue a estrada sem verificar a calibragem e a conservação dos pneus, trocando-os se não estiverem em bom estado, garantindo a estabilidade do caminhão.

Até pelo fato da visibilidade ser reduzida à noite, é preciso dirigir em baixa velocidade, para diminuir as chances de colisões ou capotamentos. Assim, se, em um determinado trecho, o limite de velocidade é de 80 km/h, se dirigir à noite, procure percorrê-lo, no máximo, a 70 km/h, principalmente, se no caso de caminhões mais robustos, como um  transporte de veiculos cegonha, por exemplo.

Terá que pegar a estrada à noite? Então, é preciso estar descansado. O recomendado é descansar 8 horas, no mínimo, não apenas para permanecer acordado, mas para se manter alerta aos possíveis perigos e imprevistos, e dirigir bem.

Além de todos os cuidados com os faróis já citados, é preciso, também, garantir que estejam, assim como as lanternas, regulados e funcionando corretamente, além de ser preciso obedecer às normas de uso, ou seja, acionar as luzes até mesmo durante o dia e, no período noturno, ficar atento quanto à hora certa de mudar a intensidade das luzes.

Segundo as normas, só é possível ligar o farol alto em trechos longínquos e vazios, sem outros veículos na sua frente ou em sentido contrário.

No mais, procure sempre sinalizar cada manobra a realizar, fazendo uso de setas de indicação, principalmente, em cruzamentos e ultrapassagens.

Infelizmente, os tempos são outros, e hoje não se recomenda mais a tradicional carona. A dica, portanto, é evitar a presença de estranhos na cabine e, assim, diminuir as chances de assaltos, muito comuns hoje em dia com caminhão de cargas, ou mesmo, transporte moto interestadual, que chamam muito a atenção de bandidos.

Por isso, se receber sinais na rodovia, não pare o caminhão. Caso note que alguém necessita de ajuda, acione a Polícia Rodoviária Federal pelo telefone 191, que atenderá prontamente a ocorrência.

Se dirigir, naturalmente, já exige muito foco, dirigir à noite, então, ele precisa ser dobrado. É fundamental estar muito atento, evitar distrações de todo tipo, observar sempre toda a via à frente (e laterais) para constatar se existem possíveis riscos. E mantenha sempre os retrovisores ajustados corretamente.

No mais, vale saber que, toda a calmaria, própria da viagem noturna, com a escuridão da via, isso pode passar uma sensação semelhante a um transe, podendo causar acidentes e até miragens.

Sabemos que, geralmente, o motorista de caminhão trabalha com prazos, às vezes, muito apertados, como uma empresa de mudança, por exemplo, obrigando-os a dirigir a noite, com pouco tempo para descanso. Porém, é preciso respeitar os sinais de cansaço do seu organismo. Mais vale atrasar um pouco uma viagem do que nem chegar ao destino. Ou, ainda, ter a carga roubada por causa de acidentes, ou mesmo, sofrer acidentes, apenas, por insistir em não respeitar seus limites.

Por isso, ouça seus sinais. Descanse, se alimente bem, se hidrate e, principalmente, se sentir o menor sinal de sono ou cansaço, pare o veículo em um ambiente apropriado e durma.

E é isso, certamente, seguir essas dicas não vai garantir total segurança.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE