Câmara quer gastar R$ 409 mil em troca de poltronas, apesar de bom estado em Sidrolândia

Licitação escolheu empresa para trocar cada uma por preço médio de R$ 1,6 mil, mas vereador contesta

| CAROLINE MALDONADO E ALINE DOS SANTOS / CAMPO GRANDE NEWS


publicidade

O vereador Enelvo Iradi Felini Junior (PSDB) questiona gasto de R$ 409 mil da Câmara Municipal de Sidrolândia, a 71 km de Campo Grande, para substituição de 256 poltronas do plenário. Considerando o valor e a quantidade de poltronas, a troca de cada uma deve sair pelo preço médio de R$ 1,6 mil.

“As cadeiras estão em ótimas condições. Uma manutenção periódica é normal de fazer, mas não tem necessidade de gastar R$ 400 mil em cadeiras. A Câmara pode devolver os recursos que sobram para a prefeitura, repassar para uma entidade. Tem um monte de escola sem cobertura. Acho errado esse tipo de gasto', comenta o vereador. Vídeo encaminhado à reportagem mostra as cadeiras para acomodar o público aparentemente em boas condições. O vereador disse que vai pedir para que a licitação seja suspensa, mas não detalhou se fará isso de forma administrativa ou judicial. Enelvo Júnior cumpre o primeiro mandato na Câmara Municipal e é filho de Enelvo Felini, que disputou a eleição suplementar para a prefeitura em 2021 e foi derrotado. O pai do vereador administrou Sidrolândia em dois mandatos: de 1997 a 2004. Licitação - O pregão presencial 006/2022 previa a compra de 256 poltronas, sendo três para obeso e quatro para pessoas com mobilidade reduzida. Conforme documento enviado ao Campo Grande News, a licitação foi homologada em 6 de junho. O valor pela compra das cadeiras totalizou R$ 409.800,50.

A fornecedora é a Flex Office Comércio de Produtos para Escritório. O extrato do contrato 015/2022 prevê vigência entre 7 de junho deste ano e 6 de junho de 2023.

A reportagem não conseguiu contato com a presidência da Câmara Municipal de Sidrolândia por telefone, pois o atendimento de segunda à sexta-feira se encerra às 12h. Também não foi possível falar com a presidente da Casa, a vereadora Juscinei Claro Dino (PP), por meio do telefone móvel, que estava desligado. A reportagem aguarda retorno ou posicionamento por meio de resposta à solicitação enviada ao email [email protected]



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE