Filha relata abuso e, ao confrontar pai, ele diz que foi porque ela 'deixou'

A vítima, de 14 anos, ainda relata que 'não foi só uma vez' que os abusos ocorreram

| JD1 NOTíCIAS/PEDRO MOLINA


publicidade

Um homem está sendo procurado no Distrito Federal por ter estuprado sua filha, que tem 14 anos agora, dos 7 aos 9 anos. O caso veio à tona a pós a jovem ter tido uma crise de ansiedade e ter contato a sua mãe sobre a violência. As informações são do Metrópoles.

A mãe da criança lamentou o abuso sofrido pela filha. “Ela falou que as medicações não iriam tirar a dor que estava sentido, porque ela foi abusada pelo pai dos 7 aos 9 anos”, disse.

“Ela nunca pôde falar para ninguém. Ele falava que era carinho de pai pra filha. Por isso, não era para ela contar para ninguém”, lamentou.

Os abusos contra a filha ocorriam durante datas comemorativas, únicas ocasiões que o agressor tinha contato com a filha, já que os pais estavam divorciados há 14 anos.

A família da vítima cedeu ao Metrópoles prints das conversas da filha com o abusador, que diz que “não gosta de você nem como pai” e afirma que “não foi só uma vez” que ela foi estuprada. Confira as prints:

Em resposta às falas da filha, o agressor diz que só a estuprou porque ela “deixou”, e pede para que ela não fale sobre os abusos para ninguém.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) expediu um mandado de prisão preventiva. O agressor se encontra foragido pelo crime de estupro de vulnerável.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE