Vereadores de Maracaju cobram e prefeitura confirma que vai multar donos de terrenos sujos

| NOTICIDADE/REDAçãO


publicidade

A Prefeitura de Maracaju atendeu à solicitação de urgência dos vereadores Laudo Sorrilha (PSDB) e Nego do Povo (MDB) para multar moradores, inclusive empresários que são donos de terrenos abandonados, com mato alto e sujos na cidade.

“Os próprios vizinhos nos cobram por causa de transtornos gerados em função da sujeira desses terrenos, a prefeitura deve limpar e cobrar do IPTU do proprietário do terreno que de acordo com os vizinhos é gerente de um frigorífico', disse Nego do Povo. Os terrenos estão sendo ponto de proliferação de insetos e animais peçonhentos.

O vereador Laudo Sorrilha também cobrou com veemência a responsabilização dos proprietários de terrenos que insistem em deixar os mesmos abandonados, “o serviço de limpeza vem sendo cobrado por todos os vereadores, é preciso mais ação, eu levei o prefeito e mostrei várias áreas que estão abandonadas e os proprietários não limpam', disse Laudo que cobrou atitudes mais severas por parte do município responsabilizando e multando pessoas e empresas que não realizam limpezas das calçadas de suas propriedades e não constroem muros em seus terrenos, apesar de receberem todos os incentivos.

Em nota à Imprensa, a prefeitura informou que a fiscalização vai autuar proprietários, caso não seja feita a limpeza dos terrenos, vai limpar e gerar multa automática.

“É de responsabilidade do mutuário manter o terreno em boas condições de higiene e limpeza. Devido à grande demanda, isso impossibilita a prefeitura de entrar em contato com todos os proprietários, desta forma será publicado no Diário Oficial do Município comunicando a autuação'. Descreve a nota. 



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!