Caso de polícia: gata é morta e pendurada em muro de protetoras de animais

Casa é usada por mãe e filha para dar lar temporário a animais de rua

| LIGADO NA NOTíCIA


Foto: Arquivo Pessoal, Laura Rocco
publicidade

Foto: Arquivo Pessoal, Laura Rocco

A Polícia Civil de Bodoquena, a 260 quilômetros de Campo Grande, investiga o caso de uma gata que foi morta e pendurada no muro de duas protetoras de animais.

Mãe e filha mantêm um projeto social independente chamado “Anjos de Patas'. “Em nossa casa fazemos o trabalho de lar temporário com 10 cachorros e 18 gatos', disse Luara Rocco. Assim, animais resgatados ficam na casa das protetoras até que encontre alguém para adotá-los.

Além disso, a gata morta “estava amamentando e deixou três filhotes', lamentou a protetora.

A Polícia Civil registrou boletim de ocorrência e investiga o caso.  

Créditos: Gabriel Maymone/Midiamax



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE