Estudantes da rede particular devem pagar para usar o transporte coletivo?

| GUILHERME CORREIA / CAMPO GRANDE NEWS


Passageiros entram em ônibus em ponto de integração na Avenida Afonso Pena. (Foto: Henrique Kawaminami)
publicidade

Pergunta aos leitores do Campo Grande News se avaliam que estudantes da rede particular de ensino devem pagar para usar o transporte coletivo. Para responder, basta apenas votar com sim ou não ao final desta matéria ou na capa do jornal.

O acesso a educação é garantido pela Constituição Federal, sendo direito de todos e dever do Estado e da família a promoção e incentivo, de forma a visar 'o pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho'.

O primeiro inciso do artigo 205 diz que deverá haver o princípio de 'igualdade de condições para o acesso e permanência na escola'.

O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), disse nesta quarta-feira (12) ao Campo Grande News que a gratuidade no transporte coletivo para estudantes da rede privada de ensino será revista.

Segundo ele, comissão analisará cada caso: 'se o estudante tem bolsa ou Fies [Fundo de Financiamento Estudantil], ele precisa da gratuidade. Agora, se ele estuda em uma universidade e paga a mensalidade, então, ele tem condições de pagar seu passe', afirmou.

O prefeito ressalta que, das 240 mil viagens mensais de estudantes, 20% são de estudantes da rede privada e 14% são da rede federal. “Todos eles merecem, mas a União também tem de ajudar', ponderou.

Há quase três décadas em vigência na Capital, a lei que permite transporte de alunos não evidencia de qual fonte de recursos haverá subsídio. Atualmente, o cliente que paga arca com os custos da gratuidade.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE