Brasil vai fechar fronteiras aéreas para seis países da África

Determinação ocorre após Anvisa recomendar restrições a viajantes oriundos dos países onde já identificaram casos da nova variante do coronavírus

| ÚLTIMO SEGUNDO / IG ÚLTIMO SEGUNDO


- Reprodução/ Melhores Destinos undefined
publicidade

Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendar restrições a viajantes oriundos de seis países da África , o governo federal determinou o fechamento das fronteiras aéreas para esses países.

As nações atingidas são África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue. Em todas elas já foi detectada a nova variante do coronavírus, batizada de Ômicron e classificada como 'variante de preocupação' pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

'Vamos resguardar os brasileiros nessa nova fase da pandemia naquele país', disse o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, no Twitter. Ele acrescentou que a decisão foi tomada em conjunto com os ministérios da Infraestrutura, da Saúde e da Justiça. A portaria que oficializa a medida deve ser publicada neste sábado (27), no Diário Oficial da União (DOU), com vigência a partir de segunda-feira (29). Leia Também Leia também Virologista: 'A nova variante é motivo para apreensão, mas não para pânico' Ômicron: Bolsonaro exclui lockdown e prevê 'medidas racionais' para estrangeiros Vacina da AstraZeneca vai ser testada contra nova variante Omicron

Ao recomendar restrições, a Anvisa argumentou que a medida visa retardar a chegada da variante ao Brasil. Países da União Europeia, bem como os Estados Unidos e o Canadá, também anunciaram medidas semelhantes .

Ainda assim, o diretor-presidente da agência brasileira, Antonio Barra Torres, não descarta a possibilidade de que a Ômicron já esteja em circulação em território nacional .



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE