Toyota confirma morte de Hilux e SW4 flex. Agora só falta a Chevrolet S10

| MOBIAUTO


publicidade

Picape média mais vendida no Brasil abandona a motorização bicombustível na linha 2022 e SUV derivado dela fará o mesmo. S10 será a última opção flex do mercado.

O mercado automotivo brasileiro vem passando por transformações profundas nos últimos anos. Uma delas é a extinção paulatina das picapes médias com motor flex. Os preços cada vez mais altos não justificam mais o custo-benefício que elas já tiveram, enquanto modelos como a Fiat Toro se tornaram uma opção mais interessante a esse tipo de consumidor. Publicidade  Depois de Nissan Frontier, Mitsubishi L200 Triton flex e, mais recentemente, Ford Ranger, agora foi a vez da Toyota Hilux abdicar da motorização flex em sua gama. Na virada para a linha 2022, a picape média mais vendida no Brasil apareceu em seis versões, todas empurradas pelo motor 2.8 turbodiesel de 204 cv e 42,8 kgfm (manual) ou 50,9 kgfm (automática).

Anuncie seu carro sem pagar na Mobiauto

Com isso, as configurações 2.7 aspiradas flexíveis de 159/163 cv (gasolina/etanol) e 24,9 kgfm (qualquer combustível) não apareceram na lista. Inicialmente, chegamos a pensar que a apresentação seria posterior e escrevemos isso no texto. Nos enganamos: nesta sexta-feira (12), procuramos a assessoria da Toyota, que confirmou a extinção da Hilux flex.

A chegada da linha 2022 da Hilux nas concessionárias ocorrerá em 25 de novembro. A fabricante anunciou que o SUV SW4, derivado da Hilux, também extinguirá as versões flex em sua troca de ano-modelo, ainda a ser apresentada, mas que ganhará as lojas na mesma data. A empresa afirma ter tomado a decisão meramente por “questões estratégicas comerciais”.

A Mobiauto entende que a medida também está ligada ao Proconve L7, nova legislação de emissões que entrará em vigor no ano que vem. Como as versões flex de Hilux e SW4 já não vinham vendendo muito, a empresa não quis investir em modificações nos projetos.

S10 flex, a última das moicanas Com a confirmação, a Chevrolet S10 se tornou a última e única picape média no país a ainda ter motor flex, no caso o 2.5 Ecotec de 197/206 cv e 26,3/27,3 kgfm. Tal propulsor pode ser casado a um câmbio manual de seis marchas (tração 4x2 traseira) ou automático também com seis velocidades (4x4).

Mesmo no caso da S10, o SUV Trailblazer, que deriva dela da mesma forma que o SW4 é nascido da costela da Hilux, já não dispõe de nenhuma versão flex, sendo comercializado exclusivamente com motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 kgfm, com câmbio automático e tração 4x4.

Voltando a falar da Hilux, ficou faltando para a linha 2022 da picape a versão esportiva GR-Sport, que deve ser apresentada de maneira isolada nas próximas semanas. Tal configuração também estará presente no SW4 2022, que terá como outra novidade a versão de luxo Diamond. 



Compartilhe Esta Notícia Com Os Seus Amigos!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE