Coordenador da campanha de Alan Guedes é intimado após golpe contra Barbosinha

| O PROGRESSO


Momento em que Carlinhos Cantor deixava a sede da Justiça Eleitoral de Dourados após audiência com o juiz - Crédito: Divulgação
publicidade

O ex-vereador Carlinhos Cantor, que é um dos principais coordenadores da campanha de Alan Guedes (PP) candidato a prefeito de Dourados, teve que prestar contas à Justiça Eleitoral de Dourados na tarde de ontem (3). O motivo foi que Carlinhos teria usado um telefone celular para simular contratações de cabos eleitorais em nome do candidato José Carlos Barbosinha (DEM).

A estratégia ilegal, que já foi muito usada em campanhas eleitorais passadas, funciona da seguinte forma: o adversário se apresenta como integrante da campanha eleitoral do concorrente e faz contratações falsas, que não se confirmavam e geram prejuízo eleitoral a partir do momento em que a pessoa supostamente contratada nunca era chamada para trabalhar e, tampouco, recebia qualquer valor.

Agora, a Justiça Eleitoral vai investigar o golpe praticado por Carlinhos Cantor para descobrir quantas pessoas ele contratou em nome de Barbosinha. A fraude eleitoral também será investigada no âmbito criminal pela Polícia Federal, uma vez que além da falsidade ideológica também configura estelionato.

Barbosinha lamenta

O candidato Barbosinha lamentou na tarde desta terça-feira a estratégia usada pelo coordenador da campanha de Alan Guedes para tentar prejudica-lo na disputa pela Prefeitura de Dourados. 'É lamentável que isso ocorra justamente num momento em que as forças políticas deveriam debater ideias para tirar nossa cidade da situação em que ela se encontra hoje', ressalta Barbosinha. 'Ao invés de debater projetos e propostas, ainda tem gente que acredita ser possível vencer eleição com métodos rasteiros', completa.

Barbosinha alerta as pessoas que tenham sido vítimas dessa fraude que procurem a Justiça Eleitoral para denunciar. 'Temo que centenas de pais de família tenham sido enganados por essa falsa contratação em meu nome, mesmo porque já recebi informação que estão usando até uma lista para contratações que jamais foram autorizadas pela nossa Coligação', alerta Barbosinha. 'Diante de tudo isso que foi apurado pela Justiça Eleitoral hoje, fica a seguinte pergunta: quem está praticando a velha política que acha eleição se vence a qualquer custo?', finaliza.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE