Justiça mantém presos suspeitos de amarrar homem em árvore para roubar caminhão

Vítima foi abordada na Vila Planalto e foi levado para matagal na região da BR-262

| LINIKER RIBEIRO / CAMPO GRANDE NEWS


Presos por suspeita de envolvimento em caso de falso frete, quatro homens tiveram liberadade negada em audiência de custódia (Foto: Divulgação)
publicidade

A Justiça converteu em preventiva as quatro prisões de suspeitos de envolvimento no roubo a caminhão que resultou em cárcere privado, no último domingo (1º). O caso aconteceu na região da Vila Planalto, em Campo Grande.

Os quatro suspeitos, Cássio de Souza Correa, Maxwell Brandão, Eronildo da Silva e Miguel Silva Souza Junior, foram presos em ação conjunta de policiais do Batalhão de Choque, GOI (Grupo de Operação e Investigações Especiais) e Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos).

Para renderem a vítima, os suspeitos planejaram falso frete com a desculpa de móveis seriam levados de Campo Grande a Rio Verde de Mato Grosso, a 207 quilômetros da Capital.

A princípio, a viagem seria combinada com o cunhado da vítima, que também presta serviços de frete, mas o homem afirmou que estaria de folga e ofereceu o trabalho ao familiar. A vítima então aproveitou a viagem para realizar outro frete, com mesmo destino, tendo móveis que já estavam no caminhão sido levados pelos bandidos.

No endereço combinado, o caminhoneiro foi abordado por suspeitos e convidado para entrar em residência onde estariam os itens serem levados. No local, ele foi empurrado e obrigado a ficar no banheiro até que foi amarrado pelas mãos e pés, além de ter tido os olhos vendados.

Em seguida, o homem relatou à polícia ter sido levado para região de matagal. No local, ouviu os suspeitos conversando e dizendo que o plano teria sigo descoberto. Após isso, o homem foi levado para outra região da cidade, também em área com bastante mato.

Horas depois, os envolvidos o amarraram em árvore, na região da rodovia BR-262, e solicitaram que a vítima contasse até 200, ocasião em que ela conseguiu se soltar e correr para pedir ajuda. Após encontrar equipe da Polícia Militar, o caminhoneiro foi levado à DERF (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos).



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE