Novo Honda BR-V vira SUV de 7 lugares do City e chega ao Brasil até 2023

Com preço a partir de R$ 90 mil na Indonésia, novo Honda BR-V usa motor 1.5 a gasolina com câmbio CVT e pode chegar ao Brasil em 2023

| JORNAL DO CARRO / DIOGO DE OLIVEIRA


/Honda BR-V estreia na Indonésia com 7 lugares e sobre a plataforma da nova geração do City que será feito no Brasil
publicidade

A nova geração do Honda City acaba de ganhar um novo integrante que tem tudo para chegar ao Brasil até 2023. O novo BR-V foi lançado nesta terça-feira (21) na Indonésia, com 7 lugares e preço inicial de US$ 17 mil, o equivalente a cerca de R$ 90 mil na cotação do dia. Ou seja, o novo SUV estreia com tabela abaixo do HR-V e na faixa do WR-V.

Pois esse posicionamento de preços não é por acaso. O novo Honda BR-V, que era uma minivan com jeitão de crossover, transformou-se em um SUV para suceder o WR-V nos mercados emergentes. A plataforma é a mesma do novo City, que estreia agora no fim do ano no Brasil. Primeiro, virá a versão sedã. Então, no início de 2022, estreia a carroceria hatch.

Com a chegada do novo City, a Honda vai realinhar sua gama nacional. A montadora deixará de produzir o sedã médio Civic, que já trocou de geração no exterior e passará a vir importado. Assim, o novo Civic terá preços maiores, o que vai abrir espaço para o sedã compacto. Além disso, com o City hatch, a japonesa deixará de fabricar o Fit.

Nova estratégia

A Honda está revisando sua estratégia global, para buscar maior eficiência e lucratividade nas diferentes regiões do planeta. Por isso, a nova geração do City terá papel crucial, já que é o novo carro de volume da japonesa. E o BR-V, dessa forma, será peça-chave na mudança, uma vez que vai ocupar o lugar do atual HR-V, que ganhará nova geração em 2022.

Inspirado no protótipo “e:concept', a nova geração do HR-V vai subir de nível, e deverá ter sistema híbrido flex com motor 1.5. Assim, brigará com o Toyota Corolla Cross. Ou seja, o SUV derivado do City assumirá o papel de utilitário de entrada da marca por aqui, com produção na fábrica de Itirapina (SP) e preços estimados entre R$ 100 mil e R$ 140 mil.

Além da plataforma, o Honda BR-V vai compartilhar a mecânica com os novos City sedã e hatch. Sob o capô, o trio terá o motor 1.5 16V flexível e naturalmente aspirado. Com quatro cilindros e comando variável, entrega até 121 cv e 14,5 mkgf na sua versão a gasolina. Na Indonésia, este motor trabalha em conjunto com um novo câmbio automático do tipo CVT.

Este motor 1.5 flex também deverá equipar o novo HR-V híbrido. Segundo a Honda, a versão e:HEV é capaz de fazer média de até 18,5 km/l de consumo com gasolina. O sistema traz o 1.5 aspirado, porém de ciclo Atkinson, com 106 cv e 12,9 mkgf de torque. Entretanto, associado ao motor elétrico, passa a fornecer 131 cv e 25,3 mkgf de torque.

Versões para 5 e 7 lugares

Tendo como trunfo o espaço interno generoso, o Honda BR-V terá versões de 5 e 7 lugares, bem como um extenso leque de conteúdos modernos. Por exemplo, o novo SUV tem chave presencial, display de 4,2 polegadas para o quadro de instrumentos, tela multimídia de 7 polegadas e faróis Full LEDs adaptativos. A lista também deverá ter o pacote Sensing.

Este último é a grande sensação entre os modelos da categoria. Virou tendência que os SUVs oferecer recursos semiautônomos, como controle de cruzeiro adaptativo (ACC), assistente de permanência em faixa e frenagem automática de emergência. Pois esses itens, já presentes por exemplo no novo Hyundai Creta, estarão disponíveis no Honda BR-V.

 



Compartilhe Esta Notícia Com Os Seus Amigos!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE