Primavera começa nesta quarta-feira e será marcada por calor e retorno das chuvas

Estação das flores tem início às 15h21min em Mato Grosso do Sul; Entenda porque data de início não é fixa

| CORREIO DO ESTADO / NAIARA CAMARGO


Primavera tem início às 15h21min em Mato Grosso do Sul - Bruno Henrique
publicidade

O Brasil se despede do inverno e dá boas-vindas a primavera na tarde desta quarta-feira (22), conhecida como estação das flores.

A estação da primavera começa às 15h21min (horário de MS) desta quarta-feira (22) no Brasil e termina em 21 de dezembro às 11h59min, de acordo com o meteorologista Natálio Abrahão.

Abrahão afirma ao Correio do Estado que as datas de começo e término de estações (primavera, inverno, outono e verão) não são fixas, ou seja, iniciam e terminam em dias diferentes a cada ano.

“Isso acontece porque a velocidade de translação da Terra em torno do Sol é variável. Além disso, nesse movimento a Terra oscila para cima e para baixo em diferentes ângulos', explicou.

“A cada ano esse movimento e a velocidade não são iguais para o Equador da Terra e o Equador do Sol se alinharem, [por isso] muda a hora e muda o dia', acrescentou.

A primavera é a estação do ano de transição entre o inverno e verão. Há floração de plantas nesta época.

Os dias serão mais longos e noites mais curtas. A primavera nunca ocorre ao mesmo tempo em dois hemisférios.

Se no sul é primavera, no norte é outono. O mesmo acontece nas estações de verão e inverno.

A estação da primavera será quente e pouco chuvosa em Mato Grosso do Sul, segundo Abrahão.

Temperaturas serão elevadas e acima da média em todas as regiões do Estado, com termômetros variando entre 30ºC e 41ºC. 

Com isso, os raios ultravioleta (UV) atingirão limites extremos em vários dias.

“Temperaturas não devem apresentar episódios de frio que necessitem proteção de agasalhos pelo menos até o começo do outono no ano que vem', cita Abrahão.

As chuvas devem ser isoladas, irregulares e mal distribuídas durante a estação da primavera deste ano, podendo causar transtornos e prejuízos à pessoas e edificações.

Há possibilidade de prejuízos na safra de verão devido ao baixo índice pluviométrico previsto para a estação da primavera 2021. 

A previsão é que as chuvas fiquem abaixo da média na maioria dos municípios e na média em poucos municípios.

“Os modelos indicam no decorrer da primavera, a tendência de continuar a escassez de chuva em todas as regiões, inclusive com possíveis estiagens'.

A umidade relativa do ar terá pequena elevação. Com isso, haverá melhora na qualidade do ar. 

A umidade relativa do ar indicada é de 60% ou mais, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

 



Compartilhe Esta Notícia Com Os Seus Amigos!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE