Novo SUV Jeep Commander de 7 lugares estreia no Brasil e tem preços revelados

Produzido em Goiana (PE), novo SUV Jeep Commander chega em quatro versões com preços de R$ 199.990 a R$ 279.990; entregas começam em outubro

| JORNAL DO CARRO / DIOGO DE OLIVEIRA


/Jeep Commander estreia no Brasil com pré-venda de 500 unidades e preços entre R$ 199.990 e R$ 279.990
publicidade

Chegou o momento de a Jeep anunciar o que todos querem saber: os preços do novo Commander. A marca de utilitários abre nesta quinta-feira (26) a pré-venda do seu inédito SUV de 7 lugares fabricado no Brasil. Assim, o Commander faz sua estreia mundial diretamente do Brasil, onde é feito na fábrica de Goiana, em Pernambuco. De lá, via porto de Suape, chegará a outros países. Mas o mercado brasileiro, naturalmente, será o primeiro a receber o novo Jeep, que chega com preço inicial de R$ 199.990.

Este é o valor sugerido para a versão de entrada Limited T270, equipada com o novo motor 1.3 GSE turbo flexível, que estreou há poucos meses na reestilização do SUV médio Compass e também sob o capô da picape Fiat Toro. Ele gera até 185 cv de potência e um torque de 27,5 mkgf já a partir de 1.750 rpm com etanol, e acompanha o câmbio automático de seis marchas. A tração é apenas dianteira, deixando o 4×4 para os modelos a diesel.

 

Por falar neles, o novo Jeep Commander traz uma nova versão aprimorada do 2.0 turbodiesel de 170 cv (TD380). Com alguns ajustes, a marca subiu o torque máximo de 35,7 mkgf para 38,7 mkgf. É menos do que se esperava, já que, até então, a expectativa era de que o motor 2.0 fosse entregar cerca de 40 mkgf de torque, bem como chegaria aos 200 cv. Já o câmbio continua o mesma, ou seja, automático de nove marchas nos modelos 4×4.

Os preços

Com apenas quatro opções na gama, o Jeep Commander será vendido nas configurações Limited e Overland, ambas em versões diesel e flexível. Tal como dito no início, o Limited turbo flex (T270) parte de R$ 199.990, e sobe para R$ 259.990 com o motor 2.0 turbo. Já a configuração Overland começa em R$ 219.990 com mecânica flex, e vai a R$ 279.990 na opção TD380.

Embora o lançamento aconteça na data de hoje, as primeiras unidades do Jeep Commander serão entregues somente em outubro, com prazo máximo para o dia 31 do respectivo mês. É quando a marca se compromete a entregar aos clientes as primeiras 500 unidades do SUV de 7 lugares, cuja pré-venda foi aberta nesta manhã por meio do hotsite do modelo.

A reserva exige o pagamento de sinal de R$ 5 mil, e posterior validação em uma das concessionárias da marca no País. A Jeep dará alguns mimos aos primeiros compradores, como o kit de boas vindas, com mala de viagem em couro com o logotipo e o nome do SUV, bem como um kit Trousseau com necessaire recheada de produtos de higiene da marca.

Além disso, estes clientes terão as três primeiras revisões gratuitas. Por fim, donos de Renegade e Compass interessados no Commander poderão entregar seus SUVs usados, e, então, receber o valor da Tabela Fipe de crédito na troca pelo novo SUV.

Como é o Jeep Commander

O utilitário de 7 lugares chega posicionado acima do Compass e apostando alto no luxo. Sua cabine terá, por exemplo, forração em couro Suede nos bancos e em outras partes, como painel e portas. O modelo herda vários componentes do Compass, entre eles a moderna central multimídia com tela de 10″ com os serviços conectados Adventure Intelligence.

Em termos de recursos avançados de segurança, o novo Jeep Commander vem para ser o carro em produção no Brasil mais tecnológico. Por isso, há farta quantidade de dispositivos. Mas, a despeito das heranças do Compass, o Commander chega também com visual próprio e imponente, com lanternas elegantes e iluminação Full LEDs em todas as versões.

Cabine de luxo

É na cabine que o Jeep Commander vai ostentar a maioria das novidades tecnológicas e de segurança. A plataforma de conectividade Adventure Intelligence, por exemplo, oferece uma série de serviços, com Wi-Fi nativo e comandos remotos via App no celular. A multimídia também é compatível com assistentes virtuais, como a Alexa, da Amazon.

Na parte de segurança ativa, o SUV conta com controle de cruzeiro adaptativo (ACC) com frenagem automática de emergência, em caso de risco de batida. Há também assistente de saída involuntária de faixa, que faz correções no volante para centralizar o veículo na faixa da pista, assim como alerta de ponto-cego nos retrovisores laterais.

O SUV Commander é capaz, ainda, de identificar de placas de trânsito, tem assistente de manobras, que faz a baliza de forma automática, e detector de fadiga do motorista. A lista de série traz, por fim, ajuste automático dos fachos alto e baixo dos faróis principais, bem como saídas de ar-condicionado e portas USB para os passageiros do banco traseiro.

Para o motorista, o quadro de instrumentos conta com display colorido e configurável. E a tela multimídia flutuante tem 10,1 polegadas e ótima resposta ao toque. O painel apresenta em dois tipos de acabamento: couro preto ou suede marrom com costuras “Burnished Cooper'. Os bancos são de couro marrom com detalhes de suede na mesma cor, e bordados no encosto. Já descansa-braços traz a inscrição “Jeep 1941'.

Os concorrentes diretos

Com o Commander, a Jeep quer a liderança do segmento de SUVs maiores, atualmente dominado pelo Toyota SW4, versão “fechada' da picape Hilux. Evidentemente, o SUV de 7 lugares da Jeep tem preço bem abaixo, mas promete entregar a mesma valentia no 4×4. Além de amplo espaço interno, com mais de 660 litros de porta-malas quando ajustado para 5 adultos.

Entre outros rivais diretos, a Jeep cita o Caoa Chery Tiggo 8 e o Volkswagen Tiguan Allspace, ambos SUVs com 7 lugares. Além deles, mais acima, há o Mercedes-Benz GLB, também para 7 passageiros. E nessa mesma faixa de preços, há outros modelos recém-chegados, como o Peugeot 3008 linha 2022 e o SUV 4×4 Ford Bronco Sport.

Para essa disputa acirrada, a Jeep vai apostar em pacotes muito bem-servidos. Por causa disso, o Commander chega sem opcionais. Para a personalização, a marca oferecerá uma grande variedade de acessórios, alguns deles voltados ao público off-road, que vai colocar o SUV em trilhas. Também haverá um serviço de concierge dedicado a esses clientes. Assim, a marca vai em busca da liderança absoluta em SUVs no Brasil.

 

 

 



Compartilhe Esta Notícia Com Os Seus Amigos!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE