Serviço de inteligência mapeia propriedades e prende agroquímicos ilegais em MS

Já foram fiscalizadas 85 propriedades rurais, 258 veículos em rodovias e apreendidos 73 kg e aproximadamente 6 mil litros de agrotóxicos irregulares

| CANAL RURAL/POR CANAL RURAL


publicidade

Foto: divulgação

O serviço de BI (Inteligência de Negócios, em inglês) e de fiscalização da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) auxiliou no planejamento das operações Ronda Agro e Hórus, desencadeadas nesta semana  pelas autoridades de vigilância sanitária e de segurança pública da União e do governo de Mato Grosso do Sul para a apreensão de agrotóxicos irregulares na região sul do estado.

O objetivo da operação é coibir o comércio e o uso de agrotóxicos irregulares, sem registro no Ministério da Agricultura, com princípios ativos proibidos no Brasil e produtos contrabandeados dos países vizinhos. Dados parciais indicam que já foram fiscalizadas 85 propriedades rurais, 258 veículos em rodovias e apreendidos 73 kg e aproximadamente 6 mil litros de agrotóxicos irregulares. Ao todo, foram lavrados 13 termos de apreensões e autos de infração.

De acordo com o diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold, foi usado o cruzamento das informações do registro de agrotóxicos existentes na base de dados da Iagro e levantadas situações suspeitas de produtores, elaborando um  mapa das propriedades em questão. 

Foto: divulgação

A Operação Ronda Agro é coordenada pela Divisão de Defesa Agropecuária da SFA/MS e a Operação Hórus, coordenada pelas forças de segurança do Estado e apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Participam das operações conjuntas oito equipes de fiscalização, compostas pela Polícia Militar (DOF, PRE), Iagro, PF, PRF e Auditores Fiscais Federais Agropecuários do Mapa, lotados nos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Paraíba, Mato Grosso do Sul e Brasília, além de auditores que atuam na Vigilância Agropecuária Internacional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Vigiagro/Mapa).

Segundo o superintendente Celso Martins, da SFA/MS, a situação dos agrotóxicos irregulares no Mato Grosso do Sul é preocupante tendo em vista o aumento das apreensões de agrotóxicos irregulares no Mato Grosso do Sul nos últimos anos.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE