Médica que desapareceu no Rio Grande do Sul é resgatada pela polícia em cativeiro no Paraná

| SIDROLâNDIA NEWS/G1,


publicidade

A médica Tamires Gemelli Silva Mignoni, que estava desaparecida desde sexta-feira (16), foi resgatada na noite da quarta-feira (22) em um cativeiro no município de Cantagalo, na região central do Paraná (veja vídeo acima). Segundo a polícia, ela foi sequestrada ao sair de um posto de saúde no bairro Aldo Airolli, em Erechim (RS), onde trabalhava.

Foram presos dois homens e uma mulher na operação, que foi comandada por uma equipe do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), da Polícia Civil.

A polícia informou que a médica foi levada ao cativeiro em seu próprio carro, um Equinox, na tarde da sexta-feira. O veículo foi abandonado próximo a uma fábrica, no bairro Cristal, a cerca de 6 quilômetros da unidade de saúde. Outros dois automóveis, que podem ter relação com o sequestro, foram localizados pela polícia.

Até a por volta de 10h, não havia mais detalhes por parte da polícia sobre o resgate da médica.

Tamires é filha do prefeito de Laranjeiras do Sul (PR), Berto Silva. Ele se manifestou sobre o resgate em uma rede social.

'Valeram as orações. A Tamires acaba de ser libertada pelos grupos Deic e Tigre. Nossa menina está voltando pra casa', postou o pai da médica.

O prefeito disse ainda que Tamires está bem e que deve passar por tratamento psicológico.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã News! 

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE