Confira as dicas e novidades semanais sobre motos no Brasil e no mundo

Semanalmente a coluna acompanha as notícias em destaque no meio automotivo

| CORREIO DO ESTADO / EDMUNDO DANTAS/AUTOMOTRIX


Linha Honda CG - (Foto: Divulgação)
publicidade

Sonhos aos pedaços

A Honda anunciou o lançamento de dois novos planos de consórcios para suas motos de baixa cilindrada. Batizados como “Vou de Honda' e “Minha Scooter Honda', as duas novas modalidades oferecem prazos mais alongados a fim de proporcionarem parcelas mais acessíveis. 

O “Vou de Honda' oferece opções de doze a oitenta parcelas e é direcionado aos modelos Twister ABS, Biz 110i, Biz 125, CB 250F Twister STD, CG 160 Fan ESDI, CG 160 Start, CG 160 Titan EX, Elite 125, Honda ADV, NRX 160 Bros ESDD, PCX, Pop 110i, XRE 190 e XRE 300 ABS. 

O programa prevê até vinte e seis contemplações mensais, sendo até duas por sorteio, três por lance fixo de 15% e vinte e uma por lance livre. 

Já o “Minha Scooter Honda' oferece pagamentos de trinta e seis a sessenta vezes e inclui quinze contemplações mensais, sendo treze para os lances livres, uma para lance fixo e uma para sorteio. 

O plano é voltado para os modelos Elite 125, Honda ADV e PCX.

No rastro de Dacar

A KTM dominou o Rali Dacar de 2001 a 2019. Enquanto desenvolve um novo modelo para voltar ao lugar mais alto do pódio - é a atual vice-campeã -, a marca austríaca está lançando a versão 450 Rally Replica 2022, que será oferecida para os pilotos particulares. 

Desenvolvida com a parceria dos pilotos Bull Matthias Walkner, Sam Sunderland e Toby Price, da equipe oficial de fábrica KTM Red Bull, o modelo traz um motor monocilíndrico de 450 cm³ com cabeçote SOHC de quatro válvulas e injeção eletrônica de combustível, um escapamento Akrapovic desenvolvido especialmente. 

O câmbio Pankl Racing Systems ganhou uma relação de marchas atualizada para proporcionar uma entrega de potência mais linear. 

As suspensões trazem um garfo WP XACT PRO de cartucho fechado de 48 milímetros, beneficiado pela tecnologia da válvula cone, e um monoamortecedor traseiro WP XACT PRO ajustável. 

Somente oitenta unidades serão disponibilizadas a partir de setembro na Europa por 25.900 euros, cerca de R$ 153 mil.  

Na trilha da Ilha

A BMW Motorrad resolveu prestar uma homenagem as suas próprias vitórias no TT da Ilha de Man, uma das mais tradicionais competições de motocicletas do mundo, disputada desde 1907 - em 2020 e 2021, o evento foi cancelado por causa da pandemia da Covid-19, mas já teve sua edição 2022 confirmada. 

Para a homenagem, a marca alemã criou a edição especial Isle of Man Edition da esportiva S 1000 RR. 

Somente cinquenta unidades serão produzidas, todas numeradas e com itens desenvolvidos pela divisão M Performance. Será oferecida apenas na França e já está disponível para encomendas por cerca de 33 mil euros, cerca de R$ 195 mil. 

Um dos destaques da edição especial é a pintura verde metálica com para-brisa fumê, assento de couro na cor alcântara e faróis com lentes em amarelo. 

As rodas trazem pintura em tons de cobre, o mesmo usado nos protetores do motor, e o tanque de combustível traz a inscrição S 1000 RR Isle of Man Edition junto ao número da unidade. 

Em termos mecânicos, a edição especial é idêntica às outras versões da BMW S 1000 RR. Utiliza um motor de 999 cm³ e quatro cilindros em linha com 204 cavalos a 13.500 rpm e 11,5 kgfm de torque a 11 mil giros, que trabalha acoplado a uma transmissão de 6 velocidades com a tecnologia Shiftcam.

Lâmpadas originais ou leds?

É permitida a substituição das lâmpadas originais – halógenas – pelas de leds em motocicletas? A mudança é possível, sim, mas a alteração deve constar no documento do veículo, conforme prevê a Resolução 292 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). 

A mudança e todo o processo visa garantir que a lâmpada em leds atenda aos mesmos critérios das originais – ou seja, ilumine a via sem ofuscar os outros motoristas. 

A possibilidade de troca e as vantagens da tecnologia são reforçadas pela facilidade na hora de escolher e instalar uma lâmpada em leds na moto. Linhas como a Lumileds, da Philips, oferecem um amplo portfólio de lâmpadas em leds, atendendo a todo o segmento de duas rodas no mercado de reposição, nos padrões “plug and play'. 

Seja de baixa ou de alta cilindrada, moderna ou mais antiga, de corrente contínua ou alternada, as motos podem receber as lâmpadas de leds Philips sem alterações do conjunto óptico. 

Há versões de lâmpadas mais compactas para se adequarem aos faróis de todos os veículos. 

Na hora da troca, o consumidor precisa ficar atento apenas quanto ao encaixe. 

Antes da compra, é preciso verificar no manual do proprietário qual o formato da lâmpada compatível com a moto. 

Segundo a Philips, suas lâmpadas oferecem até 160% mais de visibilidade que as halógenas originais, sem ofuscamento para quem vem no sentido contrário, graças à tecnologia SafeBeam, que projeta a luz nos pontos corretos. (colaborou Aldo Tizzani/'MinutoMotor')

 



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE