“Peço perdão': advogado que matou PM no trânsito escreve carta com pedido de desculpa

“Peço perdão a Deus, a minha família, amigos e conhecidos, muitos sabem da minha índole do quanto eu batalhei e lutei para me tornar advogado. Me perdoar será algo ainda mais difícil', escreveu a punho

| TOP MíDIA NEWS/NATHALIA PELZL


Crédito: Reprodução Facebook - Willian Leite
publicidade

O advogado Helder da Cunha Rodrigues, preso por envolvimento no acidente que resultou na morte do policial militar Luciano Abel de Carvalho Nunes, escreveu carta de próprio punho manifestando arrependimento e pedindo perdão pelo ocorrido. 

O advogado está preso desde segunda-feira (19). A carta foi entregue ao defensor Pedro Paulo Sperb Wanderley e será juntada nos autos do processo. Na carta, Helder reforça que não está discutindo conduta ou razão. “Meus atos contribuíram na morte de alguém muito importante para a sociedade, peço perdão a família, amigos e a instituição à qual me representa, a Ordem dos Advogados do Brasil, bem como a todos que de alguma forma sofreram ao receber essa notícia”, escreveu. 

“Peço perdão a Deus, a minha família, amigos e conhecidos, muitos sabem da minha índole do quanto eu batalhei e lutei para me tornar advogado. Me perdoar será algo ainda mais difícil. Ele sabe de todas as coisas, também sabe que não saí de casa com essa intenção, mais uma vez perdão, não atirem a primeira pedra todos somos falhos”, disse ao finalizar a carta. 

Acidente 

O PM estava de folga e transitava de moto pela avenida Centaurea, quando foi atingido pelo advogado Helder da Cunha Rodrigues, que seria pela avenida João Arinos, no Cidade Jardim. Após o acidente, Helder fugiu a pé e foi achado perto da delegacia. A Polícia Civil achou uma garrafa de vodca pela metade no carro dele, um Cobalt. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que resultou em  0,76/mg/l.  


Clique no link e Ouça A web rádio Itaporã News! Em fase de teste

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Siga e curta o Itapora news no Facebook 

Entre em contato com o Itaporã News 

Para falar com a equipe do Itaporã News, encaminhar fotos, denúncias e sugestões, entre em contato pelo WhatsApp (67) 9  9641 8820.