Em “Malhação Sonhos', Danni Suzuki voltou ao programa que a projetou na tevê, uma década antes

Dez anos depois de participar do folhetim, a atriz foi convidada para voltar ao programa em 2014

| CORREIO DO ESTADO / MáRCIO MAIO/TV PRESS


Danni Suzuki, a Roberta de “Malhação – Sonhos', da Globo - (Foto: Divulgação)
publicidade

Para alguns atores que participam de “Malhação', o seriado adolescente chega a garantir surpresas interessantes. 

Danni Suzuki, por exemplo, fez muito sucesso na décima temporada, entre 2003 e 2004. A ponto de, na seguinte, continuar interpretando a oriental Miyuki. 

E, por volta de dez anos depois, em 2014, a atriz foi convidada para voltar ao programa, desta vez na pele da ardilosa Roberta, que pode ser vista na reprise atualmente exibida pela Globo. 

“Foi muito interessante voltar em outra personagem. Até hoje, a Miyuki é muito lembrada pelas pessoas e mais que especial para mim', conta a carioca, que hoje tem 43 anos.

Em “Malhação – Sonhos', Roberta é uma mulher sedutora e, pode-se dizer, predadora. 

Ela dá aulas de hidromassagem, natação, ioga e massagens e adora desfilar com uniformes sensuais. 

Mas sua vilania desponta quando ela se apaixona por Marcelo, papel de Felipe Camargo, mas o relacionamento dos dois não vai para frente. 

“Ela não tem escrúpulos e joga pesado para conquistar o Marcelo. A cena na piscina, que ela cai no tapa com a Delma, personagem da Patrícia França, é uma das que eu mais gosto. Mostra o quanto a Roberta não mede esforços para ter o que quer', analisa.

Não faltam boas memórias do período em gravou “Malhação – Sonhos'. 

Por isso mesmo, a notícia de que a temporada seria reexibida foi recebida da melhor forma. 

“Toda reprise é uma nova oportunidade de curtir uma personagem querida. E a história se mantém ainda muito atual, trazendo reflexões importantes', avalia ela, que se rasga em elogios para a personagem que interpretou.

. “A Roberta é uma mulher imprevisível e essa é uma característica que torna um papel ainda mais interessante de interpretar', explica. “Ela apronta muito. Mas, apesar de ter o que merece, ainda consegue ter força para recomeçar. E recomeços sempre são possíveis', defende.

Já faz quase seis anos que Danni encerrou as gravações de “Malhação – Sonhos'. 

E, de lá para cá, a carreira dela ganhou novos rumos. Na época, um de seus próprios sonhos era poder dirigir um filme. 

Então, se juntou com alguns amigos e, assim, nasceu o curta-metragem “Pulso', no qual também assinou o texto. 

“Foi lançado em 2016 e trouxe a alegria de me surpreender ganhando muitos prêmios nacionais e internacionais', valoriza, contando ainda que a produção ficou em exibição por uma semana em um cinema em Hollywood, nos Estados Unidos, em 2019.

A vontade de seguir trabalhando com cinema segue firme. Tanto que Danni está envolvida com um novo projeto.

“Agora, estou trabalhando no meu documentário sobre crianças refugiadas. Uma parte eu já gravei, mas ainda falta filmar bastante material', adianta. 

Recentemente, a atriz também realizou o sonho de conhecer Bali, na Indonésia, e de surfar nas Maldivas, na Ásia. 

“Foi uma experiência inexplicável. O surfe realmente me trouxe um universo de paz e bravura muito particular. Se tornou parte da minha essência e carrega minhas energias', derrete-se.



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE