Soja e Milho: preços sobem após governo zerar alíquotas de importação

Segundo a Cogo, o impacto de suspensão das tarifas será bastante limitado devido aos preços do milho e da soja estarem com cotações futuras em alta

| CANAL RURAL/POR CANAL RURAL


publicidade

A suspensão temporária das tarifas para importar soja e milho pode refletir pouco sobre os preços elevados. Segundo a Cogo – Inteligência em Agronegócio, com base em cálculos de paridade de importação, a avaliação é de que o impacto do zeramento das alíquotas de importação será bastante limitado, em decorrência do fato de os preços do milho e da soja estarem com cotações futuras em alta.

Segundo a Cogo, no caso específico da soja em grãos, uma importação dos Estados Unidos, por exemplo, chegaria no interior da Região Sul, sem a TEC de 8%, e considerando o dólar a R$ 5,60, a um custo final de R$ 171,01 por saca de 60 Kg, enquanto a soja argentina (que já é isenta de imposto) chegaria com um valor final de R$ 177,48 por saca de 60 Kg.

Diante desse cenário, mesmo zerando a TEC, os custos do produto importado ainda ficam acima dos praticados no mercado brasileiro (R$ 160,44 no interior do Paraná).



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE