À frente de 42% das empresas em MS, mulheres são mais cautelosas e inovadoras

Pesquisa de entidades do comércio aponta impactos da pandemia em empreendimentos

| MIDIAMAX


Pesquisa mostra perfil das mulheres empreendedoras em MS. (Foto: Freepik)
publicidade

Pesquisa que avaliou o impacto da pandemia do coronavírus no comércio de Mato Grosso do Sul mostrou o perfil das mulheres que estão à frente de 42% dos negócios no Estado. O documento mostra que as lideranças femininas são mais cautelosas, porém são as que mais inovaram.

Conforme a pesquisa, 39% das mulheres que comandam empresas em MS apresentaram maior nível de medo em relação aos homens (21%).

Por outro lado, elas demitiram menos. Se comparado com lideranças masculinas, as mulheres demitiram 3% a menos que eles e foram as que fizeram mais acordos com funcionários como redução de jornada e salário – 12% a mais.

Candidato com deficiência ganha na Justiça direito de assumir vaga em concurso da Agepen

Tereza Cristina diz ver potencial para crescimento no comércio com países árabes

Esse dado também influencia nas intenções de contratações. Entre as mulheres, apenas 20% pretendem admitir novos funcionários enquanto entre os homens esse percentual é de 24%.

Outro dado levantado pela pesquisa foi a capacidade de inovação das lideranças femininas. Elas foram mais ousadas na intensificação de plataformas online e a maioria admitiu que irá manter a estratégia no pós-pandemia.

Ainda, as empresas comandadas por mulheres foram mais flexíveis com os clientes. Elas são as que mais ofereceram novas condições de pagamento, propiciaram renegociação de dívidas anteriores e ampliaram prazos de entrega. Mais detalhes podem ser vistos no gráfico abaixo:

Ministro da Saúde testa positivo para Covid-19

Secretário de MS diz que Ministério da Saúde deve comprar 1ª vacina disponível para coronavírus

Youtuber David MacMillan, de 30 anos, morre após sentir dores no ombro

A pesquisa foi elaborada pelo Sebrae/MS, IPF (Instituto de Pesquisas da Fecomércio), Sindivarejo Campo Grande, CDL (Comércio de Dirigentes Lojistas) de Campo Grande e FCDL.

Entre os consumidores, foram aplicados 1.711 questionários em 7 cidades do estado de 22 de junho a 6 de julho. Já entre os empresários, foram 164 questionários aplicados em 20 municípios entre os dias 15 de setembro e 8 de outubro.



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE