Professoras sofrem com 'insinuações maldosas' por conta de salário em Itaporã, e procuram Delegacia

Segundo as vítimas, a imagem retirada do Portal Transparência foi divulgada de forma caluniosa.

| REDACAO ITAPORA NEWS


Delegado de Polícia Civil, Dr. Rauali Kind Mascarenhas
publicidade

 

Na manhã desta terça-feira (20), algumas professoras procuraram a Delegacia de Polícia Civil de Itaporã, após duas pessoas divulgarem nas redes sociais imagens referentes aos salários das servidoras, com mensagens caluniosas refentes aos valores.

Segundo as vítimas, a imagem retirada do Portal Transparência foi divulgada de forma caluniosa, pois expuseram que os valores referidos são exagerados, no entanto não buscaram expor quais são as condições e o tempo de serviço que as funcionárias possuem, motivos que agregam um maior valor.

A redação do Itaporã News entrou em contato com o Delegado de Polícia Civil, Dr. Rauali Kind Mascarenhas, o qual informou que as professoras foram até a Delegacia e registraram o boletim, não como crime, mas como preservação para que as professoras possam recorrer a justiça.

Ainda o Delegado explicou que as professoras já estão há mais de duas décadas trabalhando, então possuem todos os benefícios adquiridos ao longo da carreira, as mesmas também possuem dois vínculos, sendo ambos empregos em horários distintos como professora (o que a constituição permite, no artigo 37. XVI - é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto, quando houver compatibilidade de horários, observado em qualquer caso o disposto no inciso XI: a).



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE