Mulheres estão ficando grávidas cada vez mais tarde no Brasil

Aumento em 63% número de mulheres que ficam grávidas dos 35 aos 39 anos

| JD1 NOTíCIAS/SARAH CHAVES COM INFORMAçõES DA CNN


publicidade

Nos últimos 10 anos, as mulheres têm engravidado cada vez mais tarde no Brasil, o aumento na faixa etária que vai dos 35 aos 39 anos foi de 63%, enquanto a taxa de nascimentos entre mães com até 19 anos caiu 23% no mesmo período, segundo o  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Por causa da pandemia de Covid-19, muitas mulheres estão adiando os planos para uma gravidez. De acordo com a ginecologista Fernanda Valente, o congelamento de óvulos tem sido uma opção muita procurada para quem quer ter filhos mais tarde.  'A procura do procedimento vem aumentando nos últimos anos, mas desde 2020, com o começo da pandemia, percebemos esse um crescimento mais evidente', diz a médica

O congelamento de óvulos não é barato e pode custar cerca de R$ 20 mil. Além disso, ainda é preciso pagar uma manutenção, que gira em torno de R$ 1.400 por ano.

De acordo com o levantamento, entre 2008 e 2018, diminuiu o número de mulheres que tiveram filho com menos de 30 anos de idade, enquanto aumentou o daquelas que se tornaram mãe após essa idade. Também diminui a proporção daquelas que têm filhos após os 45 anos.

O levantamento foi feito com base nos registros de nascidos vivos realizados pelos Cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais de todo o país. 



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE