Morto a tiros durante cervejada estuprou virgem em motel em 2016

Ele foi solto da prisão recentemente e usava tornozeleira eletrônica

| TOP MíDIA NEWS/DANY NASCIMENTO


Luciano morreu na casa onde morava - Crédito: Reprodução/Redes Sociais
publicidade

Luciano Lombardo, 29 anos, executado a tiros na noite de ontem (2), já havia sido preso por estuprar uma adolescente virgem em um motel no ano de 2016. 

Ele foi assassinado em Sanga Puitã, distrito de Ponta Porã, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai. 

Segundo o site MS em Foco, Lomardo havia deixado a prisão recentemente e estava cumprindo pena com tornozeleira eletrônica. Ele tinha 17 passagens pela polícia.

A morte

Ele ingeria bebida alcoólica com um adolescente, quando foi assassinado. O menor também ficou ferido e foi levado para o Hospital Regional de Ponta Porã.

O suspeito chegou em um veículo Gol, sacou a arma e, por cima do muro, começou a efetuar os disparos. 

Lombardo morreu no local. Após os disparos, o atirador fugiu em direção à cidade paraguaia de Zanja Puitã e ainda não foi localizado pela polícia.

A morte de Luciano é investigada pelo 2º Distrito Policial de Ponta Porã.  



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE