Manifestantes miram o STF e apoiam Bolsonaro em carreata no Centro

Grupo acredita que órgão do judiciário atrapalha gestão do presidente e pede mudanças no país

| NYELDER RODRIGUES E LINIKER RIBEIRO / CAMPO GRANDE NEWS


Vários carros participaram de carreata neste sábado pelo Centro de Campo Grande (Foto; Kisie Ainoã)
publicidade

A manhã desse 1º de maio em Campo Grande foi marcado por uma manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e contra várias situações, tendo como alvo o STF (Supremo Tribunal Federal), órgão máximo do judiciário e que recorrentemente vem tomando decisões contrárias às do presidente.

Com a atual situação de pandemia e os decretos locais que impedem aglomerações, o protesto foi realizada em uma carreata por diversas ruas e avenidas da cidade. A concentração para o ato foi o Parque das Nações Indígenas, na rua Antônio Maria Coelho, encerrando na Cidade do Natal, nos altos da Avenida Afonso Pena.

Durante o trajeto, o cenário foi de Hino Nacional e bandeiras do Brasil nas ruas, além de vestimentas e outras em alusão ao país, em cores verde a amarelo. Também foi possível ouvir de certa distância o som das buzinas do protesto.

'Estamos aqui hoje em busca da união do povo brasileiro, me busca do poder que é nosso, da liberdade. É para tirar fora a corrupção, o STF. Buscamos sim a intervenção militar, mas com o Bolsonaro no poder', revela a massoterapeuta Cibele de Naglia, de 58 anos, uma das participantes da manifestação.

A carreata também contou com a participação de Oscar Rodrigues, aposentado de 64 anos, que frisa estar ali a favor do Brasil. 'Estamos torcendo para que o país dê certo. Todas as ações do presidente estão sendo atacadas e ele não está conseguindo trabalhar. É importante o povo participar para as coisas deem certo'.

Outro que esteve em meio aos cerca de 300 veículos que foram às ruas hoje na Capital sul-mato-grossense para participar do protesto foi o pecuarista de 46 anos, Marcelo Mondine. 'Uma manifestação sem o povo não tem nada', frisa ele, que destaca ainda querer libertar o país do Supremo Tribunal Federal.

'O STF não deixa o presidente Bolsonaro governar o país. Toda vez que há uma manifestação como essa, procuro participar', conta, ao lado da mulher e dos filhos. 'É algo que será bom para todo mundo, por isso é importante', opina.

O protesto foi todo feito no formato de carreata e não registrou incidentes adversos, com necessidade de intervenção policial, entre outros. Toda a movimentação foi acompanhada por viaturas da BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito).



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE