Soja: Com a chegada da chuva produtores iniciam o plantio da safra 2020/2021

A pressa agora é em plantar a soja o mais rápido possível para não perder o prazo do zoneamento para o plantio do milho safrinha no início do ano que vem.

| A GAZETA NEWS


publicidade

Vilson Nascimento

Após quase dois meses sem chover em volumes expressivos, as chuvas voltaram a cair com maior intensidade essa semana em Amambai e região.

A janela de plantio da oleaginosa na região, estipulada pelo zoneamento agrícola do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) foi aberta no dia20 de setembro e segue até o final do mês de dezembro, mas por conta da falta de chuva, que deixou o solo compactado e também impedia a germinação homogênea da semente, o produtor rural ainda não havia conseguido iniciar o plantio.

Para a cultura da soja esse atraso de cerca de 25 dias no plantio não vai influenciar na produtividade, mas a preocupação, segundo o presidente da Aprosoja-MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), André Dobashi é em relação a colheita do grão em tempo hábil para o plantio da cultura de segunda safra, no caso o milho safrinha.

Em Amambai e região o zoneamento agrícola estipula como prazo limite para o plantio do milho safrinha em 2021, o dia 10 de março para quem for plantar a cultura consorciada com a braquiária e o dia 20 de março para quem for plantar a lavoura solteira, ou seja, somente o milho.

Em relação à soja, cultura que a cada ano vem ganhando maior espaço em Amambai, a estimativa é que este ano o município ultrapasse as 100 mil hectares plantadas com a oleaginosa.

Fonte: A Gazetanews



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR! COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE