Jairinho passa mal e precisa de atendimento em UPA de presídio

A defesa do vereador e da professora, mãe de Henry, já entrou com um pedido de habeas corpus na Justiça do Rio

| TOP MíDIA NEWS/NATHALIA PELZL


Crédito: Reprodução
publicidade

O médico e vereador Dr. Jairinho (Solidariedade) precisou ser atendido na tarde de ontem na Unidade de Pronto Atendimento do Complexo Penitenciário de Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro, após passar mal. 

A informação foi divulgada pela UOL.

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, o parlamentar solicitou ajuda, foi medicado e passa bem. 

Dr. Jairinho, assim como Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, passarão os primeiros 14 dias em isolamento por causa da covid-19. Ambos foram presos na quinta-feira (08) acusados de envolvimento na morte da criança de 4 anos. 

A defesa do vereador e da professora já entrou com um pedido de habeas corpus na Justiça do Rio. O advogado André França Barreto alega que não havia motivos suficientes para a prisão dos dois



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE