“Importações de países com subsídio à agricultura é desleal'

O ex-secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura comenta isenção da tarifa de importação de soja e milho

| CANAL RURAL/POR CANAL RURAL


publicidade

Membros do comitê executivo de gestão da Câmara de Comércio Exterior votam nesta sexta-feira, 16, as propostas de isenção de tarifa de importação para milho e soja. As solicitações levadas pelo Ministério da Agricultura para análise do comitê executivo foram de isentar a tarifa de importação para farelo, óleo e grãos de soja até 15 de janeiro e também zerar a alíquota para o milho comprado em países foram do Mercosul até 31 de março.

O ex-secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Benedito Rosa, explica que todos os 164 países da Organização Mundial de Comércio (OMC), admitem e cobram dos estados membros o funcionamento da economia de mercado, em que o estado intervenha o mínimo para não criar condições desiguais de competitividade.

“Mas no nosso caso, na conjuntura que estamos, acendeu uma luz vermelha e o governo está reagindo a ela retirando a tarifa externa comum (TEC). Eu acho que, olhando os números de mercado, o desempenho dos últimos anos, esse 8% não devem criar uma onda de importações que possa prejudicar os nossos produtos, embora eu entenda perfeitamente a ansiedade e a discordância dos agricultores diante de uma regra que deve ser respeitada', diz o comentarista.


Entre em contato com o Itaporã News.

Para falar com a equipe do Itaporã News, encaminhar fotos, denúncias e sugestões, entre em contato pelo WhatsApp (67) 9 9641 8820.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR!

Siga o Itapora news no Facebook