Mercedes-Benz mostra interior do luxuoso EQS

Sedã elétrico da Mercedes-Benz inova com tela gigante que toma todo o painel; interação e personalização são diferenciais do novato, que será revelado em abril


Tela do Mercedes-Benz EQS vai de uma ponta a outra do painel / Crédito: Mercedes-Benz/Divulgação
publicidade

A Mercedes-Benz revelou o interior do sedã elétrico EQS. O modelo, que tem apresentação marcada para 15 de abril, promete reunir o que há de mais moderno em termos de luxo e tecnologia. A proposta do habitáculo, aliás, já começa pelo visual, onde uma super tela atravessa todo o painel, formando uma peça com mais de 1,40 metro, responsável pelas mais variadas soluções, como cuidados com a qualidade do ar que se respira dentro do carro, controlada por um filtro de partículas de alta eficiência.

Chamado de Hyperscreen MBUX, o painel digital gigante elaborado pela marca invade, a princípio, a área do passageiro dianteiro. O conjunto, em síntese, permite uma disposição intuitiva da cabine e dos controles de entretenimento. O Hyperscreen pode exibir vários fundos de ambiente quando não estiver em uso, complementando a iluminação em toda a cabine.

Mas se você é dos mais tradicionalistas, a Mercedes-Benz promete, no entanto, uma versão com tela flutuante vertical, como a do sedã Classe S. Nessas, partes do painel podem ser cobertas com materiais como madeira, metal e outros acabamentos.

Sobre o design exterior, ainda há um mistério. Sabe-se, afinal, que tem base no conceito Vision EQS. Os toques futuristas e as linhas arredondadas – até para contribuir com a aerodinâmica – são certas. A marca afirma um cx de 0,20.

Para deixar claro a natureza elétrica do EQS, a Mercedes-Benz apostará num capô muito mais curto quando comparado aos sedãs de luxo convencionais, movidos a combustão. Entretanto, a principal aposta é oferecer longa distância entre-eixos, no intuito de aumentar o espaço interior para os ocupantes.

Voltando à tecnologia, vale destacar que o EQS promete emitir sons artificiais no momento da direção – dos mais brandos aos ruídos mais agressivos, como manda a esportividade.

E não é só de telas que vive o interior do EQS. Bancos esportivos com revestimento de couro, e detalhes da cabine em preto brilhante e madeira estão por toda parte. A iluminação interna, aliás, é toda feita por LEDs.

O sistema de entretenimento Hyperscreen opera com CPU de oito núcleos, 24 GB de RAM e 12 atuadores sob a tela sensível ao toque, que emitem vibração quando a tela é tocada, a fim de informar que a solicitação foi atendida. No total, 350 sensores monitoram as funções o EQS. Essa inteligência artificial, no entanto, tem atualização automática.

O sistema de som surround Burmester disponível no EQS tem 15 alto-falantes e 710 watts de potência.

Para suportar isso tudo, o novato – feito sobre a nova plataforma modular EVA – será alimentado por baterias de íon-lítio com 108 kWh. Informações apontam que o EQS tenha 700 km de autonomia – ciclo WLTP. A chegada do modelo nos EUA, por fim, está prevista para o fim do ano.

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!



Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa página: https://www.facebook.com

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE